Un disco dall'Italia

( Canta: Gino Latilla )
( Autores: Nisa - D'Anzi - 1952 )

Ouça todas as músicas de Gino Latilla

  • Un disco dall'Italia - Gino Latilla

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Grazie di cuore, amore mio lontano,
per quello che nel pacco m' hai mandato.
Un disco all'italiana, sembra strano,
è come un bicchier d'acqua a un assetato.

L'ho messo sul grammofono,
le mani mi tremavano,
che nostalgia di musica
sentivo nel mio cuor.

Ho chiuso gli occhi e Napoli
è apparsa insieme a te,
coi mandolini e i vicoli
come piaceva a me.

Ho pianto qualche lacrima
ma di felicità,
nel disco v'era l'anima
di tutta la città.

Ho ricordato Mergellina,
le serenate sotto il tuo balcon,
le passeggiate al chiar di luna,
le tue parole piene di passion.

È stata come un'estasi
di sogni e di languor,
nel disco v'era Napoli,
mia madre ed il mio amor.

Mio dolce amore, quando si è lontano,
in mezzo a tanta gente forestiera,
sapessi come è bella in italiano
una parola semplice e sincera.

L'avrei abbracciato, credimi,
quel tenorino languido,
cantava come un angelo,
leggeva nel mio cuor.

È stata come un'estasi
di sogni e di languor,
nel disco v'era Napoli,
mia madre ed il mio amor.

Tradução


Obrigado de coração, meu amor distante,
por aquilo que no pacote me enviaste.
Um disco à italiana, parece estranho,
é como um copo de água para quem tem sede.

O coloquei no gramofone,
as mãos tremiam,
que nostalgia de música
sentia no meu coração.

Fechei os olhos e Nápoles
apareceu junta contigo,
com os bandolins e as vielas
como eu gostava.

Chorei alguma lágrima
mas de felicidade,
no disco havia a alma
de toda a cidade.

Relembrei Mergellina,
as serenatas debaixo da tua varanda,
os passeios ao clarão da lua,
tuas palavras cheias de paixão.

Foi como uma êxtase
de sonhos e de langor,
no disco havia Nápoles,
minha mãe e o meu amor.

Meu doce amor, quando se está longe,
no meio de tantas pessoas forasteiras,
soubesses como é bela em italiano
uma palavra simples e sincera.

Teria abraçado, acredite,
aquele tenorinho lânguido,
cantava como um anjo,
lia no meu coração.

Foi como uma êxtase
de sonhos e de langor,
no disco havia Nápoles,
minha mãe e o meu amor.

* Número de validação incorreto! Por favor digite 9

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.