Tu mi rubi l'anima

( Canta: Collage )
( Autores: A. de Sanctis - G. Padovan - 1976 )

Ouça todas as músicas de Collage

  • Tu mi rubi l'anima - Collage

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Ha quei capelli tutti in giù,
ma non sei tu, ma non sei tu.
Ha gli occhi tristi come te,
ma non è te, davvero.

Usa un profumo come il tuo,
ma non sei tu, ma non sei tu.
Le ciglia lunghe come te,
ma non è te, sicuro.

Quando la notte lei
si stringe a me,
se il mio corpo c'è,
la mente è dietro te.

Tu mi rubi l'anima
ma poi la getti via da me.
Io la inseguo
e trovo sempre te.

Tu mi rubi l'anima
e poi non so che te ne fai.
Mentre cerco di riprenderla
mi muore un pò nel cuore sempre lei.

Lei queste cose non le sa,
non credo che gliele dirò.
Lei crede solo a quel che ha,
ma non a me, sicuro.

Ho visto rondini, lassù,
cadere giù, cadere giù.
Erano sole come me
che non ho te, davvero.

Quando nel letto
dorme accanto a me,
se il mio corpo c'è,
la mente è dietro te.

Tu mi rubi l'anima
ma poi la getti via da me.
Io la inseguo
e trovo sempre te.

Tu mi rubi l'anima
e poi non so che te ne fai.
Se il silenzio ha spazi liberi,
stasera io li riempirò di te.

Tu mi rubi l'anima
ma poi la getti via da me.
Io la inseguo
e trovo sempre te.....

Tradução


Tem aqueles cabelos todos pra baixo,
mas não és tu, mas não és tu.
Tem os olhos tristes como os teus,
mas não é tu, de verdade.

Usa um perfume como o teu,
mas não és tu, mas não és tu.
Os cílios compridos como os teus,
mas não é tu, é certo.

Quando de noite ela
encosta-se em mim,
se o meu corpo está aí,
a mente está atrás de ti.

Tu me roubas a alma
mas depois a joga longe de mim.
Eu corro atrás dela
e encontro sempre você.

Tu me roubas a alma
e depois não sei o que fazes com ela.
Enquanto tento de pegá-la de volta
me morre um pouco no coração sempre ela.

Ela estas coisas não as sabe,
não creio que as direi pra ela.
Ela crê somente naquilo que tem,
mas não a mim, de certo.

Eu vi andorinhas, lá no alto,
cair pra baixo, cair pra baixo.
Estavam sozinhas como eu
que não tenho a ti, de verdade.

Quando na cama
dorme ao meu lado,
se o meu corpo está aí,
a mente está atrás de ti.

Tu me roubas a alma
mas depois a joga longe de mim.
Eu corro atrás dela
e encontro sempre você.

Tu me roubas a alma
e depois não sei o que fazes com ela.
Se o silencio tem espaços livres,
esta noite eu os encherei de ti.

Tu me roubas a alma
mas depois a joga longe de mim.
Eu corro atrás dela
e encontro sempre você.....

* Número de validação incorreto! Por favor digite 6

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.