Ti voglio come sei

( Canta: Claudio Villa )
( Autores: D. Bernazza - A. Mari - Fanfulla - P. Sardisco - 1956 )

Ouça todas as músicas de Claudio Villa

  • Ti voglio come sei - Claudio Villa

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Come sei strana questa sera,
sembra che tremi di paura.
Dimmi perché sei così amara,
forse sei stanca già di me?

Ti voglio come sei,
amore amaro,
perchè dei baci tuoi
son prigioniero.

Sei troppo bella
per volerti bene senza gelosia.
Sopporto il male delle tue catene,
pur di averti mia.

Ti voglio come sei,
amore amaro.
Ti cerco più che mai,
ti voglio come sei.

Forse son io che, mentre piango,
stretta sul cuore ti trattengo.
Piango così perché non fingo,
t’amo e non vivo senza te.

Ti voglio come sei,
amore amaro,
perchè dei baci tuoi
son prigioniero.

Sei troppo bella
per volerti bene senza gelosia.
Sopporto il male delle tue catene,
pur di averti mia.

Ti voglio come sei,
amore amaro.
Ti cerco più che mai,
ti voglio come sei.

Sei troppo bella
per volerti bene senza gelosia.
Sopporto il male delle tue catene,
pur di averti mia.

Ti voglio come sei,
amore amaro.
Ti cerco più che mai,
ti voglio come sei.

Ti voglio come sei,
amore mio!!

Tradução


Como estás estranha esta noite,
parece que tremes de medo.
Diz-me porque estás tão amarga,
talvez já estás cansada de mim?

Te quero como és,
amor amargo,
porque dos teus beijos
sou prisioneiro.

Tu és bonita demais
para querer-te bem sem ciúme.
Suporto o mal das tuas correntes,
para te ter minha.

Te quero como és,
amor amargo,
Te procuro mais do que nunca,
te quero como és.

Talvez sou eu que, enquanto choro,
junta ao meu coração te mantenho.
Choro assim porque não finjo,
te amo e não vivo sem ti.

Te quero como és,
amor amargo,
porque dos teus beijos
sou prisioneiro.

Tu és bonita demais
para querer-te bem sem ciúme.
Suporto o mal das tuas correntes,
para te ter minha.

Te quero como és,
amor amargo,
Te procuro mais do que nunca,
te quero como és.

Tu és bonita demais
para querer-te bem sem ciúme.
Suporto o mal das tuas correntes,
para te ter minha.

Te quero como és,
amor amargo,
Te procuro mais do que nunca,
te quero como és.

Te quero como és,
meu amor!!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 7

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.