Serenata a nessuno

( Canta: Claudio Villa )
( Autor: W. Colì - 1951 )

Ouça todas as músicas de Claudio Villa

  • Serenata a nessuno - Claudio Villa

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Va serenata mia,
stasera ad ascoltare
non c'è nessuno,
ma lei, dovunque sia,
ricorderà i miei baci
ad uno ad uno.

Va serenata al vento,
non si può dire addio
senza rimpianto,
e lei, nel suo tormento,
sento che piangerà
mentre io canto.

Per me,
che vivo solamente
di ricordi,
non c'è
che la speranza vana
di poter tutto scordar.

Va serenata mia,
fammi sognare ancora
come una volta,
quanta malinconia
sapere che lei m'ama
e non m'ascolta.

Per me,
che vivo solamente
di ricordi,
non c'è
che la speranza vana
di poter tutto scordar.

Va serenata mia,
fammi sognare ancora
come una volta,
quanta malinconia
sapere che lei m'ama
e non m'ascolta.

Va serenata mia!
Va serenata, va!

Tradução


Vai serenada minha,
esta noite para ouvir
não há ninguém,
mas ela, onde esteja,
lembrará os meus beijos
um a um.

Vai serenada ao vento,
não se pode dizer adeus
sem saudade,
e ela, em seu tormento,
sinto que chorará
enquanto eu canto.

Pra mim,
que vivo somente
de lembranças,
não há
que a esperança vã
de poder tudo esquecer.

Vai serenada minha,
faz-me sonhar ainda
como uma vez,
quanta melancolia
saber que ela me ama
e não me ouve.

Pra mim,
que vivo somente
de lembranças,
não há
que a esperança vã
de poder tudo esquecer.

Vai serenada minha,
faz-me sonhar ainda
como uma vez,
quanta melancolia
saber que ela me ama
e não me ouve.

Vai serenada minha!
Vai serenada, vai!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 5

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.