Sedici anni

( Canta: Achille Togliani )
( Autores: Gambetti - Mari - 1951 )

Ouça todas as músicas de Achille Togliani

  • Sedici anni - Achille Togliani

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Se gli anni rinverdissero
come le foglie in primavera,
allor potrei rivivere
la mia più bella età.

Sedici anni, forse avevo,
e credevo già d'amar.
È passato il tempo e, non so come,
mi ritorna in mente un dolce nome.

Primi baci, primi pianti,
brevi istanti per sognar.
E per dirci una parola,
dovevamo la scuola marinar!

Dolci frasi, sogni belli,
credevamo nostro l'avvenir.
Costruivamo bei castelli
col pensiero, senza mai mentir!

Sedici anni! Che tristezza
ricordare ciò che fu.
Sogni della prima giovinezza,
che non tornerà mai più!

Sedici anni! Che tristezza
ricordare ciò che fu.
Sogni della prima giovinezza,
che non tornerà mai più!

Sedici anni, forse avevo,
che non torneranno più!

Tradução


Se os anos reverdecessem
como as folhas em primavera,
então poderia reviver
a minha mais bela idade.

Dezesseis anos, talvez eu tinha,
e acreditava já de amar.
Passou o tempo e, não sei como,
me torna em mente um doce nome.

Primeiros beijos, primeiros choros,
breves instantes para sonhar.
E para nos dizermos uma palavra,
tínhamos que faltar às aulas!

Doces frases, sonhos belos,
achávamos nosso o porvir.
Construíamos belos castelos
com o pensamento, sem nunca mentir!

Dezesseis anos! Que tristeza
relembrar o que foi.
Sonhos da primeira juventude,
que não voltará nunca mais!

Dezesseis anos! Que tristeza
relembrar aquilo que foi.
Sonhos da primeira juventude,
que não voltará nunca mais!

Dezesseis anos, talvez eu tinha,
que não voltarão mais!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 17

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.