Preghiera in gennaio

( Canta: Fabrizio de Andrè )
( Autor: Fabrizio de Andrè - 1967 )

Ouça todas as músicas de Fabrizio de Andrè

  • Preghiera in gennaio - Fabrizio de Andrè

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Lascia che sia fiorito,
Signore, il suo sentiero
quando, a Te la sua anima,
e al mondo, la sua pelle,
dovrà riconsegnare,
quando verrà al Tuo cielo,
là dove, in pieno giorno,
risplendono le stelle.

Quando attraverserà
l'ultimo vecchio ponte,
ai suicidi dirà,
baciandoli alla fronte:
"Venite in Paradiso,
là dove vado anch'io,
perché non c'è l'inferno
nel mondo del buon Dio".

Fate che giunga a Voi
con le sue ossa stanche
seguito da migliaia
di quelle facce bianche,
fate che a voi ritorni
fra i morti per oltraggio
che al cielo ed alla terra
mostrarono il coraggio.

Signori benpensanti,
spero non vi dispiaccia
se in cielo, in mezzo ai Santi,
Dio, fra le sue braccia,
soffocherà il singhiozzo
di quelle labbra smorte
che all'odio e all'ignoranza
preferirono la morte.

Dio di misericordia,
il Tuo bel Paradiso
l'hai fatto soprattutto
per chi non ha sorriso,
per quelli che han vissuto
con la coscienza pura.
L'inferno esiste solo
per chi ne ha paura.

Meglio di lui, nessuno
mai Ti potrà indicare
gli errori di noi tutti
che puoi e vuoi salvare,
ascolta la sua voce
che ormai canta nel vento,
Dio di misericordia
vedrai, sarai contento.

Dio di misericordia
vedrai, sarai contento

Tradução


Faz com que seja florido,
Senhor, o seu caminho
quando, a Ti a sua alma,
e ao mundo, a sua pele,
deverá entregar,
quando virá ao Teu céu,
lá onde, em pleno dia,
resplendem as estrelas.

Quando atravessará
a última velha ponte,
aos suicidas dirá,
beijando-os na testa:
"Vinde no Paraíso,
lá onde eu vou também,
porque não há o inferno
no mundo do bom Deus".

Fazei que chegue até vós
com seus ossos cansados
seguido por milhares
daqueles rostos brancos,
fazei que volte até vós
entre os mortos por ultraje
que ao céu e à terra
mostraram a coragem.

Senhores bem-pensantes,
espero não fiquem tristes
se no céu, no meio dos Santos,
Deus, entre os seus braços,
sufocará o soluço
daqueles lábios amortecidos
que ao ódio e á ignorância
preferiram a morte.

Deus de misericórdia,
o Teu belo Paraíso
fizeste sobretudo
para quem não sorriu,
para aqueles que viveram
com a consciência pura.
O inferno existe somente
para quem dele tem medo.

Melhor do que ele, ninguém
nunca poderá Te mostrar
os erros de nós todos
que Tu podes e queres salvar,
escuta a sua voz
que agora canta no vento,
Deus de misericórdia
verás, serás contente.

Deus de misericórdia
verás, serás contente.

* Número de validação incorreto! Por favor digite 11

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.