Porta Romana

( Canta: Giorgio Gaber )
( Autores: G. Gaber - Simonetta - 1963 )

Ouça todas as músicas de Giorgio Gaber

  • Porta Romana - Giorgio Gaber

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Porta Romana bella, Porta Romana,
è già passato un anno da quella sera,
un bacio dato in fretta sotto un portone,
Porta Romana bella, Porta Romana.

Porta Romana

In un cortile largo e fatto a sassi,
io fischio e tu ti affacci alla ringhiera,
poi scendi e il pomeriggio è tutto nostro,
in giro per i prati fino a sera.

M'han detto che sei andata ad abitare
in un quartiere nuovo, più elegante,
ti sei sposata, è giusto e regolare,
da me, lo so, non t'aspettavi niente.

La la la la la la la la la la!
Passa un ciclista e canta,
la voce si allontana.
Porta Romana bella, Porta Romana.

Porta Romana bella, Porta Romana,
un anno è brutto e lungo da passare,
d'amore non si muore, sarà anche vero,
ma quando ci sei dentro non sai che fare.

Porta Romana

Un cinemino forse fatto apposta,
due film in una volta cento lire,
ci siamo andati insieme ad ogni festa,
seduti in fondo, là, senza guardare.

Quel giorno che m'hai detto: "Adesso basta!",
io, zitto, preferivo non sentire,
ma tu hai insistito: "No, sul serio, basta!",
come se fosse facile capire.

La la la la la la la la la la!
Festeggia un ubriaco
la fine settimana.
Porta Romana bella, Porta Romana.

Porta Romana bella, Porta Romana!

Tradução


Porta Romana bela, Porta Romana,
já passou um ano desde aquela noite,
um beijo dado de pressa sob um portão,
Porta Romana bela, Porta Romana.

Porta Romana

De um pátio largo e com chão de pedras,
eu assovio e você se debruça da balaustrada,
depois desces e a tarde é toda nossa
andando pelos campos até o anoitecer.

Me disseram que você foi morar
num bairro novo, mais elegante,
casou, é justo e regular,
de mim, eu sei, não esperava nada.

La la la la la la la la la la!
Passa um ciclista e canta,
a sua voz se afasta.
Porta Romana bela, Porta Romana.

Porta Romana bela, Porta Romana,
um ano é longo e não passa nunca,
por amor não se morre, talvez seja verdade,
mas quando estás metido não se sabe o que fazer.

Porta Romana

Um cineminha talvez feito de propósito,
dois filmes duma só vez por cem liras,
nós íamos juntos a cada feriado,
sentados no fundo, lá, sem olhar.

Naquele dia que você me disse: "Agora basta!",
eu, calado, preferia não ouvir,
ma você insistiu: "Não, serio, basta!",
como se fosse fácil entender.

La la la la la la la la la la!
Um bêbedo festeja
o fim de semana.
Porta Romana bela, Porta Romana.

Porta Romana bela, Porta Romana!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 10

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.