Piove

( Canta: Domenico Modugno )
( Autores: D. Modugno - D. Verde - 1959 )
( Conhecida também como: Ciao, ciao bambina )

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Mille violini suonati dal vento,
tutti i colori dell'arcobaleno,
vanno a fermare una pioggia d'argento
ma piove, piove sul nostro amor.

Ciao, ciao, bambina, un bacio ancora
e poi per sempre ti perderò.
Come una fiaba, l'amore passa,
c'era una volta, poi non c'è più.

Cos'è che trema sul tuo visino,
è pioggia o pianto, dimmi cos'è.
Vorrei trovare parole nuove
ma piove, piove sul nostro amor.

Ciao, bambina!
Ti voglio bene da morire!
Ciao! Ciao!

Ciao, ciao, bambina, non ti voltare,
non posso dirti rimani ancor.
Vorrei trovare parole nuove
ma piove, piove sul nostro amor.

Tradução


Mil violinos tocados pelo vento,
todas as cores do arco-íris,
vão parar uma chuva de prata
mas chove, chove no nosso amor.

Tchau, tchau, menina, um beijo ainda
e depois para sempre a perderei.
Como uma fábula, o amor passa,
era uma vez, depois não tem mais.

O que é que treme no seu rostinho,
é chuva ou pranto, diga-me o que é.
Queria achar palavras novas
mas chove, chove no nosso amor.

Tchau, menina!
Te quero bem demais!
Tchau! Tchau!

Tchau, tchau, menina, não se vire,
não posso dizer-lhe fique ainda.
Queria achar palavras novas
mas chove, chove no nosso amor.

* Número de validação incorreto! Por favor digite 10

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.