Non volevo credere

( Canta: Giorgio Consolini )
( Autores: B. Cherubini - C. A. Bixio - A. Fragna - 1954 )

Ouça todas as músicas de Giorgio Consolini

  • Non volevo credere - Giorgio Consolini

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Mi dicevano: "Non t'illudere,
non ti perdere con chi non ti vuol bene"
Ma nell'estasi, così spledida,
tu brillavi nella tua sincerità.

Io non volevo credere
a quei che mi dicevano:
"È bella come un angelo,
ma un angelo non è".

Io t'ho sentita fremere,
io t'ho veduta piangere,
ma quelle dolci lacrime
non erano per me.

T'amai perdutamente
e il nostro amor ardente
tu l'hai ridotto in cenere.
No, non si può distruggere il fuoco dell'amor.

Io non volevo credere
che tu sapessi fingere,
ma pure nello spasimo
ti voglio bene ancor.

Vo' cercandoti, implorandoti
come un'ombra nella nebbia cerca il sole.
Strade e vicoli, passi inutili,
dove andrai ti perderai senza di me.

Io t'ho sentita fremere,
io t'ho veduta piangere,
ma quelle dolci lacrime
non erano per me.

T'amai perdutamente
e il nostro amor ardente
tu l'hai ridotto in cenere.
No, non si può distruggere il fuoco dell'amor.

Io non volevo credere
che tu sapessi fingere,
ma pure nello spasimo
ti voglio bene ancor.

Ti voglio bene ancor!

Tradução


Me diziam: "Não te iludas,
não se percas com quem não te quer bem"
Mas no êxtase, assim esplendorosa,
tu brilhavas na tua sinceridade.

Eu não queria acreditar
naqueles que me diziam:
"É bonita como um anjo,
mas um anjo não és".

Eu te senti tremer,
eu te vi chorar,
mas aquelas doces lágrimas
não eram para mim.

Te amei perdidamente
e o nosso amor ardente
tu o reduziste em cinza.
Não, não se pode destruir o fogo do amor.

Eu não queria acreditar
que tu soubesses fingir,
mas também no sofrer
te quero bem ainda.

Eu vou buscando-te, implorando-te
como uma sombra na neblina busca o sol.
Estradas e vielas, passos inúteis,
onde tu irás te perderás sem mim.

Eu te senti tremer,
eu te vi chorar,
mas aquelas doces lágrimas
não eram para mim.

Te amei perdidamente
e o nosso amor ardente
tu o reduziste em cinza.
Não, não se pode destruir o fogo do amor.

Eu não queria acreditar
que tu soubesses fingir,
mas também no sofrer
te quero bem ainda.

Te quero bem ainda!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 8

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.