La pansé

( Canta: Aurelio Fierro )
( Autores: G. Pisano - Rendine - Cioffi - 1953 )

Ouça todas as músicas de Aurelio Fierro

  • La pansé - Aurelio Fierro

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Ogni giorno cambi un fiore
e lo appunti in petto a te.
Stamattina, sul tuo cuore
ci hai mettuto una pansé.

E perché ce l'hai mettuta?
Se nun sbaglio l'ho capito,
mi vuoi dire, o bella fata,
che tu pensi sempre a me.

Ah!
Che bella pansé che tieni, sii?
che bella pansé che hai. mmh!
Me la dai? no!
Me la dai? oh no!
Me la dai la tua pansé?

Io ne tengo un'altra in petto
e le unisco tutt'e due.
Pansé mia e pansé tua
in ricordo del nostro amor.

Questo sciore avvellotato,
tanto caro io lo terrò.
Quando si sará ammosciato,
io me lo conserverò.

Ci ha tre petali, tesoro,
e ogneduno ci ha un pensiero,
sono petali a colori,
uno giallo e due marrò.

Ah!
Che bella pansé che tieni, sii?
che bella pansé che hai. mmh!
Me la dai? no!
Me la dai? oh no!
Me la dai la tua pansé?

Io ne tengo un'altra in petto
e le unisco tutt'e due.
Pansé mia e pansé tua
in ricordo del nostro amor.

Tu sei come una fraffalla
che svolacchia intorno a me,
poi ti appuoi sulla mia spalla
con il pietto e la pansé.

Io divento un mammalucco,
poi ti vaso sulla bocca
e mi sembra un tricchi-tracco
questo vaso che do a te.

Ah!
Che bella pansé che tieni, sii?
che bella pansé che hai. mmh!
Me la dai? no!
Me la dai? oh no!
Me la dai la tua pansé?

Io ne tengo un'altra in petto
e le unisco tutt'e due.
Pansé mia e pansé tua
in ricordo del nostro amor.

Ah!
Che bella pansé che tieni,
che bella pansé che hai.
Me la dai? no!
Me la dai? oh no!
Me la dai la tua pansé?

E quel di che sposeremo
e sarai la mia moglietta,
te la porto e con affetto
bacerò la tua pansè.

Tradução


A cada dia trocas uma flor
e a espetas no teu peito.
Esta manha, no teu coração,
colocaste um amor-perfeito.

E porque o colocaste?
Se não estou errado entendi,
queres dizer-me, o bela fada,
que tu pensas sempre em mim.

Ah!
Que belo amor-perfeito que tens, (sim?)
Que belo amor-perfeito que tens. (mmh!)
O dá pra mim? (não!)
O dá pra mim? (oh não!)
O dá pra mim o teu amor-perfeito?

Eu tenho outro no peito
e junto todos os dois.
Amor-perfeito meu e amor-perfeito teu
em lembrança do nosso amor.

Esta flor aveludada,
tanto cara eu a terei.
Quando murchará,
eu a guardarei.

Tem três pétalas, tesouro,
e cada um tem um pensamento,
são pétalas coloridas,
uma amarela e duas cor castanho.

Ah!
Que belo amor-perfeito que tens, (sim?)
Que belo amor-perfeito que tens. (mmh!)
O dá pra mim? (não!)
O dá pra mim? (oh não!)
O dá pra mim o teu amor-perfeito?

Eu tenho outro no peito
e junto todos os dois.
Amor-perfeito meu e amor-perfeito teu
em lembrança do nosso amor.

Tu és como uma borboleta
que esvoaça em volta de mim,
depois te pousas sobre o meu ombro
com o peito e o amor-perfeito.

Eu me torno um pateta,
depois te beijo na boca
e me parece um petardo
este beijo que te dou.

Ah!
Que belo amor-perfeito que tens, (sim?)
Que belo amor-perfeito que tens. (mmh!)
O dá pra mim? (não!)
O dá pra mim? (oh não!)
O dá pra mim o teu amor-perfeito?

Eu tenho outro no peito
e junto todos os dois.
Amor-perfeito meu e amor-perfeito teu
em lembrança do nosso amor.

Ah!
Que belo amor-perfeito que tens,
Que belo amor-perfeito que tens.
O dá pra mim? (não!)
O dá pra mim? (oh não!)
O dá pra mim o teu amor-perfeito?

E naquele dia que casaremos
e serás a minha esposinha,
o levo a ti e com afeto
beijarei o teu amor-perfeito.

* Número de validação incorreto! Por favor digite 8

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.