Carovaniere

( Canta: Enzo di Mola )
( Autores: Nisa - Redi - Leonardi - 1939 )

Ouça todas as músicas de Enzo di Mola

  • Carovaniere - Enzo di Mola

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Quando la notte discende
riposa silente la stanca tribù,
mentre una stella s'accende,
cantare si sente nell'ombra laggiù.

Voce d'un canto smarrito,
tormento d'un povero cuor,
solo il deserto infinito
ascolta il suo pianto d'amor.

Canta,
carovaniere canta
la nenia che tormenta
tutti i cuori della tribu.

Dice,
tremando la tua voce:
"Non troverò mai pace,
questo amore è una schiavitù".

Scende la sera e lassù
brilla una stella,
solo il tuo cuore quaggiù
non spera più.

Canta,
carovaniere canta
la nenia che tormenta
tutti i cuori della tribu.

Scende la sera e lassù
brilla una stella,
solo il tuo cuore quaggiù
non spera più.

Canta,
carovaniere canta
la nenia che tormenta
tutti i cuori della tribu.

Tradução


Quando a noite desce
descansa em silencio a cansada tribo,
enquanto uma estrela aparece,
se ouve cantar lá na sombra.

Voz de um canto perdido,
tormento de um pobre coração,
somente o deserto infinito
escuta o seu choro de amor.

Canta,
caravaneiro** canta
a nênia que atormenta
todos os corações da tribo.

Diz,
tremendo a tua voz:
"Não encontrarei nunca paz,
este amor é uma escravidão".

Desce a noite e lá no alto
brilha uma estrela,
somente o teu coração aqui
não espera mais.

Canta,
caravaneiro canta
a nênia que atormenta
todos os corações da tribo.

Desce a noite e lá no alto
brilha uma estrela,
somente o teu coração aqui
não espera mais.

Canta,
caravaneiro canta
a nênia que atormenta
todos os corações da tribo.

**caravaneiro - condutor de animais de carga (nas caravanas)

* Número de validação incorreto! Por favor digite 14

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.