Aprite le finestre

( Canta: Claudio Villa )
( Autores: V. Panzuti - Pinchi - 1956 )

Ouça todas as músicas de Claudio Villa

  • Aprite le finestre - Claudio Villa

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


La prima rosa rossa é già sbocciata
e nascon timide le viole mammole.
Ormai, la prima rondine è tornata
nel cielo limpido comincia a volteggiar.

Il tempo bello viene ad annunciar!

Aprite le finestre al nuovo sole,
è primavera, è primavera.
Lasciate entrare un poco d'aria pura
con il profumo dei giardini e i prati in fior.

Aprite le finestre ai nuovi sogni,
bambine belle, innamorate.
È forse il più bel sogno che sognate.
Sarà domani la felicità.

Nel cielo fra le nuvole d'argento
la luna ha già fissato appuntamento.
Aprite le finestre al nuovo sole
è primavera, festa dell'amor.

Aprite le finestre al nuovo sol!

Sul davanzale un piccolo usignolo
dall'ali tenere, le piume morbide,
ha già spiccato il tenero suo volo
e contro i vetri ha cominciato a picchiettar.

Il suo più bel messaggio vuol portar!

Aprite le finestre al nuovo sole,
è primavera, è primavera.
Lasciate entrare un poco d'aria pura
con il profumo dei giardini e i prati in fior.

Aprite le finestre ai nuovi sogni,
alle speranze, all'illusione.
Lasciate entrare l'ultima canzone
che dolcemente scenderà nel cuor.

Nel cielo, fra le nuvole d'argento
la luna ha già fissato appuntamento.
Aprite le finestre al nuovo sole
è primavera, festa dell'amor

Aprite le finestre al primo amor!

Tradução


A primeira rosa vermelha já desabrochou
e nascem tímidas as violetas.
Já a primeira andorinha voltou
no céu límpido começa a voltear.

O tempo belo vem a anunciar!

Abram as janelas ao novo sol,
é primavera, é primavera.
Deixem entrar um pouco de ar puro
com o perfume dos jardins e campos em flor.

Abram as janelas aos novos sonhos,
meninas belas, apaixonadas.
É talvez o mais belo sonho que sonhais.
Será amanhã a felicidade.

No céu entre as nuvens prateadas
a lua já fixou o encontro.
Abram as janelas ao novo sol,
é primavera, festa do amor.

Abram as janelas ao novo sol!

Na sacada um pequeno rouxinol
com as asas tenras, as plumas macias,
já levantou seu tenro vôo
e contra os vidros começou a tamborilar

A sua mais bela mensagem quer trazer!

Abram as janelas ao novo sol,
é primavera, é primavera.
Deixem entrar um pouco de ar puro
com o perfume dos jardins e campos em flor.

Abram as janelas aos novos sonhos,
às esperanças, à ilusão.
Deixem entrar a última canção
que docemente descerá no coração.

No céu entre as nuvens prateadas
a lua já fixou o encontro.
Abram as janelas ao novo sol,
é primavera, festa do amor.

Abram as janelas ao primeiro amor!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 6

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.