Amore, abisso dolce

( Canta: Giorgio Consolini )
( Autores: G. C. Testoni - M. Gigante - 1960 )

Ouça todas as músicas de Giorgio Consolini

  • Amore, abisso dolce - Giorgio Consolini

 Provavelmente existem alguns erros de tradução, me perdoe. Sugerir Correção

Originale


Splende il sol sopra la cima,
ma laggiù qualcuno chiama,
è la sua voce, che più mi piace,
e laggiù scenderò.

Amore, amore, abisso dolce,
mi fai cadere lentamente,
mi sento vinto ad ogni istante
e non so resistere più.

Amore, amore, abisso dolce,
son nel tuo vortice profondo
e inutilmente sto piangendo
perchè ormai son come vuoi tu.

Che volto hai, ancor non so vedere,
nascosto sei, ma sento il tuo respiro
e sento già le mani tue leggere
che afferrano il mio cuore per farlo morir.

Amore, amore, abisso dolce,
fra le tue braccia silenziose,
fra le tue spine e le tue rose,
finalmente negli occhi ti vedrò.

Amore, amore, abisso dolce,
fra le tue braccia silenziose,
fra le tue spine e le tue rose,
finalmente negli occhi ti vedrò.

Finalmente negli occhi ti vedrò!

Tradução


Resplende o sol sobre o cume,
mas lá em baixo alguém chama,
é a sua voz, da qual mais gosto,
e até lá descerei.

Amor, amor, abismo doce,
me faz cair lentamente,
me sinto vencido a cada momento
e não sei resistir mais.

Amor, amor, abismo doce,
estou no teu agitamento profundo
e inutilmente estou chorando
porque agora eu sou como tu queres.

Que rosto tens, ainda não sei ver,
escondido estás, mas sinto o teu respiro
e sinto já as tuas mãos leves
que agarram o meu coração para fazer-lo morrer.

Amor, amor, abismo doce,
entre os teus braços silenciosos,
entre as tuas espinhas e as tuas rosas,
finalmente os teus olhos verei.

Amor, amor, abismo doce,
entre os teus braços silenciosos,
entre as tuas espinhas e as tuas rosas,
finalmente os teus olhos verei.

Finalmente os teus olhos verei!

* Número de validação incorreto! Por favor digite 4

     
 

Musica Italiana Copyright 2006-2017 "Pino Ulivi". Design, conteúdo e publicação da parte de "Leo Caracciolo"

As músicas em italiano são dos seus respectivos autores.